Relações Íntimas entre Fotografia e Inhotim

Orientação: Emidio Luisi

Relações íntimas entre Fotografia e Inhotim é um Workshop com vagas limitadas. O curso tem orientação do fotógrafo Emidio Luisi e celebra o conhecimento fotográfico unido a um local dedicado às Artes.

 

“De todos os meios de expressão, a fotografia é o único que fixa para sempre o instante preciso e transitório. Nós, fotógrafos, lidamos com coisas que estão continuamente desaparecendo e, uma vez desaparecidas, não há mecanismo no mundo capaz de fazê-las voltar outra vez. Não podemos revelar ou copiar uma memória.” (Henri Cartier-Bresson).

A viagem já é um grande prazer.

O Instituto Inhotim começou a ser idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz a partir de meados da década de 1980. A propriedade privada se transformou com o tempo, tornando-se um lugar singular, com um dos mais relevantes acervos de arte contemporânea do mundo e uma coleção botânica que reúne espécies raras e de todos os continentes. Os acervos são mobilizados para o desenvolvimento de atividades educativas e sociais para públicos de faixas etárias distintas. O Inhotim, uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), tem construído ainda diversas áreas de interlocução com a comunidade de seu entorno. Com atuação multidisciplinar, o Inhotim se consolida, a cada dia, como um agente propulsor do desenvolvimento humano sustentável.

Queremos unir o prazer da viagem à experiência do orientador em realizar workshops e projetos culturais ligados a temática da “Etnofotografia”. Este gênero fotográfico tem como objetivo estimular a pesquisa das características do modo de vida de uma determinada comunidade (Inhotim) sob os aspectos de sua arquitetura, suas profissões, seu comércio, etc. E assim, fazer uma sinopse fotográfica tornando possível preservar a sua memória.


Cada participante levará seu equipamento digital. Como segundo objetivo do workshop é compartilhar experiências, o portfólio de cada participante será analisado pelo orientador do grupo em sessões coletivas ao longo da viagem, o que poderá contribuir no desenvolvimento de projetos autorais.

 

Ao término do workshop será fornecido um certificado de participação e será montado um áudio visual com algumas fotos editadas do trabalho realizado no workshop, e projetado no dia do encerramento do Workshop.

 

Chegada e Hospedagem 

A Pousada está liberada a partir da tarde de Sexta-feira.

PROJETOS

INÍCIO DAS ATIVIDADES DO WORKSHOP

 

1º Dia - Sexta-feira

 

Apresentação do Projeto Inhotim.

Após o café da manhã na Pousada início das atividades.

Apresentação da metodologia de trabalho.

Projeção de trabalhos realizados na área.

Orientação para um exercício prático a ser realizado.

 

2º Dia - Sábado, 9h às 17h

Realizaremos uma saída fotográfica em Inhotim, com um roteiro organizado para visitar os principais pontos do Espaço, para que se possa ver e fotografar o essencial e o necessário. Retornando no final da tarde.

ALMOÇO DAS 12 ÀS 13 HORAS

3 º Dia - Domingo, 9h às 14h

 

Edição do material produzido no sábado.

Análise do material produzido durante o curso e montagem de um slide show.

ALMOÇO a partir das 14 HORAS.

17h RETORNO PARA SEUS LARES

 

 

PRÉ-REQUISITOS PARA O PARTICIPANTE:

 

  • Conhecimentos básicos de Fotografia

  • Máquina Fotográfica 35 mm, com opções de lente

  • Notebook ou Ipad

Vagas são limitadas. Ordem de inscrição e a efetivação da matrícula são um dos critérios para seleção dos participantes. 

 

INVESTIMENTO​

A ser divulgado com as novas datas.

*As passagens aéreas e alimentação (almoço e jantar) são por conta do participante.

Nascido na Itália, começou a fotografar na década de 1970. Trabalhou como fotojornalista para a revista Veja SP e para o Diário do Grande ABC, atuando também em espetáculos de teatro, dança, etnofotografia e ensaios pessoais. Coordenou oficinas de fotografia em diversas cidades brasileiras e foi professor convidado do Curso de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Realizou várias exposições no Brasil e no exterior. Recebeu o XI Prêmio Abril de Fotojornalismo (1985), o Prêmio Aberje (1987) e o Prêmio Fotografia da APCA (2011). Participa das coleções de fotógrafos brasileiros do Instituto Cultural Itaú e do Acervo Coleção MASP-Pirelli, Museu da Fotografia dirigido por Silvio Frota. Foi curador do Projeto Caixa & Memórias, do Projeto Caixa Populi e de O Palco de Antunes, 50 anos de teatro – todos em parceria com a Caixa Econômica Federal; e do livro Retrospectiva Fotojornalismo 2000, da Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos. É autor de Ue’Paesà (Fotograma, 1997), Kazuo Ohno (Cosac & Naify, 2003), Ballet Stagium 35 anos (Fotograma, 2008) e, a convite da Fundação Pró-Memória de São Carlos, de São Carlos de todos os povos (Fotograma, 2008) em 2011 lançou o Livro “Fotografia de Espetáculo “ Editora Photos. Realizou também a exposição Paesani, no Sesc Pinheiros. Em 2012, integrou a exposição Ocupação Ballet Stagium, no Instituto Itaú Cultural, a exposição Antunes Filho, poeta da cena, no Sesc Consolação, lançando na ocasião o livro de mesmo nome pelas Edições Sesc Lançou o Livro Kazuo Yoshito Ohno pelas Edições Sesc e foi premiado com 58º Prêmio Jabuti pela publicação, e o Livro Itália Mia ! lançado em Dezembro de 2017, Atualmente fotografa, coordena projetos na área de fotografia e dirige a Fotograma Imagens.

Orientador: Emidio Luisi

 

​© Fotograma Imagens